Basílica de São Marcos

A notável arquitetura da Basílica de São Marcos em Veneza

feature-box_0

Fachadas Norte e Sul

As três fachadas da Basílica de São Marcos - Norte, Sul e Oeste - se abrem ao redor do corpo inferior da basílica. A fachada norte, com vista para a Piazzetta dei Leoncini, inclui a famosa Porta dei Fiori ou a Porta das Flores, um relevo da Natividade do século XIII.

A fachada sul, que tem vista para o Grande Canal, tem dois pilares elaboradamente decorados em frente a ele chamados de Pilastri Acritani. Na esquina desta fachada estão o grupo dos tetrarcas em rocha pórfira e a coluna também em pórfira truncada, Pietra del Bando.

feature-box_1

Exterior

O exterior da fachada oeste da Basílica de São Marcos está dividido em três segmentos principais - o segmento inferior, o segmento superior, e as cúpulas. No segmento inferior, há cinco portais arqueados, envolvidos por colunas de mármore policromado, que se abrem para o nártex através de grandes portas de bronze. O nível superior é colocado com mosaicos retratando a Vida de Cristo e o acima do portal principal é o mosaico dourado conhecido como "O Juízo Final". As lunetas dos portais laterais estão repletas de histórias das relíquias de São Marcos. Acima da grande janela central está o Leão Alado, o símbolo oficial da República de Veneza.

feature-box_2

Interior

 

Criados durante um período de 800 anos, existem mais de 8000 metros quadrados de mosaicos, a maioria de ouro, dentro da Basílica de São Marcos. O fundo dourado, com luz restrita, não só cria uma imagem que prende os sentidos dos espectadores, mas também é embelezado por uma rica iconografia da arte cristã. A basílica está disposta em uma cruz grega e cada braço está dividido em três naves. Os mosaicos, combinados com a forma da catedral, refletem o estilo bizantino, ainda que o interior seja uma amálgama de uma variedade de estilos arquitetônicos, desde o clássico até o século XIX.

feature-box_3

Cúpulas

Cada uma das cinco cúpulas, erguidas no cruzamento e sobre os braços da cruz grega, tem quase 13 metros de diâmetro e 16 janelas. O interior das cúpulas é revestido de mosaico dourado, datado entre 1160 e 1200. A cúpula central retrata a ascensão de Cristo ao céu, após sua ressurreição. Embora a iconografia da cúpula seja parcialmente influenciada por fontes ocidentais, a dominante é claramente bizantina, significando a poderosa e lucrativa relação de Veneza com o Império Romano Oriental.

feature-box_4

Capelas do Transepto

As Capelas Transeptas são muitas vezes dedicadas a um santo em particular. No caso da Basílica de São Marcos, há várias capelas dedicadas à Madona e a outros santos. Elas estão localizadas nos braços curtos que se estendem em ambos os lados da cúpula principal. Mosaicos do século XII retratam a vida de São João na Cappella di San Giovanni, acima do transepto norte. O altar na Cappella della Madonna Nicopeia, também no transepto norte, apresenta o ícone bizantino da Madonna Nicopeia. A Cappella di San Clemente, anteriormente conhecida como Capela de Doge, está no transepto sul.

Selecione seus ingressos

Visita Guiada sem Filas da Basílica de São Marcos
Visita Guiada da Basílica de São Marcos, Palácio Ducal + Palácios Reais
Visita Guiada da Basílica de São Marcos, Palácio Ducal e Excursão a Pé em Veneza
Visita Guiada da Basílica de São Marco com Passeio de Gôndola
Sem Filas: Basílica de São Marcos e Excursão a Pé em Veneza